segunda-feira, 11 de novembro de 2013

O tempo não cura. Faz você aprender.


Eu não sei o que você está passando, longe de mim tentar adivinhar ou supor como você está se sentindo. Mas uma coisa eu posso afirmar, nenhum sofrimento é eterno... algumas dores nós prorrogamos mais do que o tempo necessário. Não desmerecendo nenhuma dor, afinal como diz o dito popular : "A colher é que sabe a quentura da panela". Mas o que eu quero dizer, é que muitos dos momentos difíceis que passamos servem para o nosso aprendizado, nosso crescimento... mas estamos tão focados "na dor" que não enxergamos isso. Por isso não sofra sem necessidade... se dê sim, um tempo para chorar, colocar sua dor para fora, limpar a alma... mas passados 1,2,3 dias..chega! É hora se se reerguer, se recompor... e provar para si mesmo que aquilo te feriu sim, mas que você foi mais forte.
Eu acredito que todos somos capazes de superar qualquer obstáculo que nos foi dado. Deus não da fardos maiores do que somos capazes de suportar... a diferença está em entender isso e encontrar força não só para se levantar, mas para se manter de pé diante de cada dificuldade.

Lembre que o tempo não cura nada mas faz você aprende muita coisa!

quarta-feira, 26 de junho de 2013

Um sorriso?

"E hoje, mais do que nunca, sinto que não devo nada para ninguém. A gente demora demais para se livrar de culpas que na maioria das vezes nem chega a "tanto". Mas um dia, finalmente, a gente acorda. E descobre que tem uma vida inteirinha pela frente." 

— Clarissa Corrêa.

Entre os "mais" e os "menos" da vida

"Estou agora mais afastado, falando menos, me abrindo menos, me expondo menos. Tentando viver mais, amar mais, me entender mais sem precisar me expôr demasiadamente, sem dar tanto a cara a tapa. Entre os 'mais' e os 'menos' da vida, menos às vezes é mais."

Paolla Milnyczul

sexta-feira, 7 de junho de 2013

Eu já esperei por alguém!

Eu já esperei de alguém
O que não se pode dar
Como quem pensa que’um rio
Tem poder de encher o mar
Ou que’o sopro é que governa
Pra que lado corre o ar!

Eu já esperei de alguém

Muito mais do que devia
Como quem espera a lua
Brilhar mais que’o sol, de dia,
Como quem espera um sonho
Sem notar que já dormia...

Eu já esperei de alguém

Tudo que não sou capaz
Mas d’um tanto eu esperei
Que’aprendi como é que faz
E sem esperar mais nada
Surpreendo-me bem mais!

#Jessé Costa

quarta-feira, 29 de maio de 2013

segunda-feira, 27 de maio de 2013

Pensamento do dia

Diz-se que o egoísmo não sabe amar, mas também não sabe deixar-se amar.
 

#Astolphe de Custine

Tão eu

“Mas eu nunca fui o tipo de gente que olha pra beleza e venera. Porque eu acho isso bobagem, porque a paisagem de dentro é sempre mais bonita. E se você me fala que fulano é lindo por causa do olho de cor diferente, por causa do sorriso branco, ou por causa do físico perfeito, eu sou obrigado a rir e dizer que nada disso vale um amor pra anos, um amor de anos: o exterior sempre perde para o tempo, sempre sucumbe à falta de maquiagem e à falta de mundo.”
 
#Floresinexatas.